Guia De Implantação Iso 9001 2015

Guia de Implantação da ISO 9001:2015 Orientações no desenvolvimento e implantação do Sistema de Gestão da Qualidade para a certificação na nova ISO 9001:2015. Qualieng Consultoria, Auditoria e Treinamento Av. Adalberto Simão Nader, 425, sala 106, Ed. Milano - Mata da Praia - Vitória-ES. CEP 29066-370 Tel/fax: (27) 3315-9001 - E-mail: [email protected] [email protected] lieng.com - Site: www.qualieng.co www.qualieng.com m Introdução A ISO que é conhecida como Organização Internacional de Normalização (International Organization for Standardization) e sua missão é desenvolver normas que facilitam o intercâmbio internacional de bens e serviços, apoiam o crescimento econômico sustentável e promovem a inovação. A norma ISO 9001 tem obtido um grande sucesso internacional, com mais de 1 milhão de organizações certificadas (fonte: www.iso.org). A norma ISO 9001, que trata a Gestão da Qualidade, foi emitida pela primeira vez em 1987 e depois vieram as versões 1994 e 2000. Recentemente, em 15 de setembro de 2015, foi publicada a nova norma. Essa versão passou por uma mudança significativa, gerando impacto direto nas organizações que a seguem. A ISO 9001 é hoje reconhecida como um instrumento relevante para a satisfação dos clientes e a melhoria contínua de organizações de todas as dimensões e setores e, consequentemente, para a promoção da confiança nas relações comerciais e, agora também, para a sociedade, governo e demais partes interessadas. Um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) bem implementado, leva naturalmente à redução de custos com combate a desperdícios e aumento da produtividade, bem como eleva satisfação do cliente por meio de produtos e serviços com mais qualidade. Essa nova norma veio com uma nova estrutura, permitindo, assim, desenvolver um SGQ sem burocracias desnecessárias e voltado ao um direcionamento estratégico e de processos para promover melhores resultados organizacionais. Dessa forma, espera-se que esta norma ganhe maior apelo pelos empresários por ser um modelo de gestão internacional de sucesso que possibilita a eficácia dos processos organizacionais e melhor gestão do negócio. Transição para a ISO 9001:2015 Haverá um período de transição de três anos a partir de 15 de setembro de 2015, data da publicação internacional da ISO 9001:2015. Durante esse período (até 15/09/2018), os certificados emitidos na versão 2008 permanecerão válidos . Os certificados da nova norma serão emitidos após a aprovação na auditoria de transição. Para uma validade continuada, os certificados emitidos pela versão 2008 precisam ser atualizados pela nova versão 2015 antes do prazo de validade. A transição pode ser realizada durante qualquer auditoria programada nesse período. PUBLICAÇÃO PUBLICAÇÃO INTERNACIONAL NACIONAL DA DA ISO 9001:2015 NBR ISO 9001:2015 PERÍODO PARA A AUDITORIA DE TRANSIÇÃO DA ISO 9001:2015  VALIDADE DOS CERTIFICADOS ISO 9001:2008 15 30 15 SET SET SET 2015 2015 2018 Entretanto, apesar de que, em tese, seja possível realizar a auditoria de transição até setembro de 2018, se faz necessário consultar previamente o Organismo de Certificação de sua organização, pois há um determinação dos órgãos internacionais de que a partir de setembro de 2017 todas as auditorias deverão ser na versão 2015 da ISO 9001. Recomendamos às organizações certificadas ISO 9001:2008 que iniciem desde já a adequação do Sistema com meta para a certificação ISO 9001:2015 no ano de 2016 ou 2017. Assim, haverá tempo suficiente para um bom planejamento, desenvolvimento e implementação do Sistema de Gestão da Qualidade. 1 Planejamento do Desenvolvimento e Implementação do SGQ Sugerimos que desenvolva um cronograma de atividades envolvidas no projeto de transição do SGQ para a ISO 9001:2015. O cronograma pode conter as seguintes atividades: Treinamentos; Mapeamento dos processos; Ferramentas gerenciais; Informações documentadas; Reuniões; Auditorias; Correções e melhorias. Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ 2 Contexto Estratégico Estruture uma ferramenta eficaz para determinar questões externas e internas que sejam pertinentes para o propósito da organização e para o seu direcionamento estratégico. Apesar na norma não especificar quais ferramentas podem ser aplicáveis, sugerimos desenvolver um Planejamento Estratégico, aplicando a Matriz SWOT.     O     N     R     E     T     N     I     E     T     N     E     I     B     M     A     O     N     R     E     T     X     E     E     T     N     E     I     B     M     A PONTOS FORTES PONTOS FRACOS OPORTUNIDADES AMEAÇAS 3 Partes Interessadas e Escopo Sua organização deve considerar as partes interessadas que podem impactar seu SGQ. ! ! ! Os requisitos pertinentes às partes interessadas deverão ser identificados e abordados no Sistema. Assim, o SGQ passa a ter um foco mais amplo para proporcionar uma harmonia na relação com as partes interessadas. Podem ser consideradas partes interessadas: clientes, acionistas, colaboradores, fornecedores, governos, sociedade, parceiros, entre outros. A próxima etapa é determinar os limites e a aplicabilidade do SGQ, isto é, definir o seu escopo, considerando o direcionamento estratégico, as partes interessadas, os produtos e serviços da organização. 4 Mapeamento dos Processos F € i L ) Ao estabelecer o novo Sistema de Gestão da Qualidade, é preciso em primeiro lugar que identifique e revise os processos de modo a garantir a eficácia e o atendimento aos novos requisitos da ISO 9001:2015. Indicamos utilizar fluxogramas para melhor identificação do alinhamento e interação entre os processos. Essa etapa é fundamental para o sucesso do Sistema, fazendo com que o mesmo possa ser implementado de acordo com as reais necessidades da empresa e sem burocracias desnecessárias. 5 Riscos e Oportunidades Ao estruturar os processos, deve identificar e monitorar os riscos e oportunidades inerentes os processos, a conformidade do produto e a satisfação do cliente. Apesar da norma não exigir informação documentada, sugerimos aplicar ferramentas de suporte aos controles, tais como a própria Matriz SWOT e o FMEA Failure Mode and Effect Analysis, que é usado para aumentar a confiabilidade do produto ou processo. ! PROCESSO/PRODUTO RISCOS GRAVIDADE EFEITO PLANO DE AÇÃO ACOMPANHAMENTO 6 Procedimentos e Controles Com o mapeamento dos processos, os manuais, procedimentos, instruções, formulários, planilhas e sistemas informatizados devem ser adequados aos novos processos e aos requisitos da ISO 9001:2015. Apesar da nova norma não exigir mais o manual da qualidade e procedimentos, para garantir o conhecimento necessário e o controle sobre os processos, em determinadas situações é importante manter a informação documentada. 7 Implantação do Sistema de Gestão da Qualidade Após desenvolver o SGQ com base na ISO 9001:2015, chegou a hora de implantá-lo na prática. Siga os passos: Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Reúna com os gestores e responsáveis pelos processos e setores para repassar os novos procedimentos; Treine os colaboradores; Monitore as atividades do dia-a-dia para identificar possíveis desvios; Realize uma Auditoria Interna para avaliar o SGQ como um todo; Implemente as melhorias necessárias ao SGQ. qualieng.com  A sua parceira na certificação. Qualieng Consultoria, Auditoria e Treinamento Av. Adalberto Simão Nader, 425, sala 106, Ed. Milano - Mata da Praia - Vitória-ES. CEP 29066-370 Tel/fax: (27) 3315-9001 - E-mail: [email protected] - Site: www.qualieng.com
View more...
   EMBED

Share

Preview only show first 6 pages with water mark for full document please download

Transcript

Guia de

Implantação da
ISO 9001:2015

Orientações no desenvolvimento e implantação
do Sistema de Gestão da Qualidade para a
certificação na nova ISO 9001:2015.

Qualieng Consultoria, Auditoria e Treinamento
Av. Adalberto Simão Nader, 425, sala 106, Ed. Milano - Mata da Praia - Vitória-ES. CEP 29066-370
Tel/fax: (27) 3315-9001 - E-mail: [email protected] - Site: www.qualieng.com

governo e demais partes interessadas. para a sociedade. que trata a Gestão da Qualidade. para a promoção da confiança nas relações comerciais e. A norma ISO 9001. Essa versão passou por uma mudança significativa. com mais de 1 milhão de organizações certificadas (fonte: www. Recentemente.iso. agora também.org). consequentemente. foi publicada a nova norma. espera-se que esta norma ganhe maior apelo pelos empresários por ser um modelo de gestão internacional de sucesso que possibilita a eficácia dos processos organizacionais e melhor gestão do negócio. desenvolver um SGQ sem burocracias desnecessárias e voltado ao um direcionamento estratégico e de processos para promover melhores resultados organizacionais. Introdução A ISO que é conhecida como Organização Internacional de Normalização (International Organization for Standardization) e sua missão é desenvolver normas que facilitam o intercâmbio internacional de bens e serviços. assim. Um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) bem implementado. A ISO 9001 é hoje reconhecida como um instrumento relevante para a satisfação dos clientes e a melhoria contínua de organizações de todas as dimensões e setores e. bem como eleva satisfação do cliente por meio de produtos e serviços com mais qualidade. Dessa forma. gerando impacto direto nas organizações que a seguem. Essa nova norma veio com uma nova estrutura. A norma ISO 9001 tem obtido um grande sucesso internacional. em 15 de setembro de 2015. leva naturalmente à redução de custos com combate a desperdícios e aumento da produtividade. . foi emitida pela primeira vez em 1987 e depois vieram as versões 1994 e 2000. apoiam o crescimento econômico sustentável e promovem a inovação. permitindo.

Para uma validade continuada. Assim. data da publicação internacional da ISO 9001:2015. pois há um determinação dos órgãos internacionais de que a partir de setembro de 2017 todas as auditorias deverão ser na versão 2015 da ISO 9001. desenvolvimento e implementação do Sistema de Gestão da Qualidade. Durante esse período (até 15/09/2018). haverá tempo suficiente para um bom planejamento. apesar de que. PUBLICAÇÃO PUBLICAÇÃO PERÍODO PARA A AUDITORIA DE VALIDADE DOS INTERNACIONAL NACIONAL DA TRANSIÇÃO DA ISO 9001:2015 CERTIFICADOS DA ISO 9001:2015 NBR ISO 9001:2015 ISO 9001:2008 15 30 15 SET SET SET 2015 2015 2018 Entretanto. Transição para a ISO 9001:2015 Haverá um período de transição de três anos a partir de 15 de setembro de 2015. os certificados emitidos na versão 2008 permanecerão válidos . os certificados emitidos pela versão 2008 precisam ser atualizados pela nova versão 2015 antes do prazo de validade. em tese. seja possível realizar a auditoria de transição até setembro de 2018. . Os certificados da nova norma serão emitidos após a aprovação na auditoria de transição. A transição pode ser realizada durante qualquer auditoria programada nesse período. Recomendamos às organizações certificadas ISO 9001:2008 que iniciem desde já a adequação do Sistema com meta para a certificação ISO 9001:2015 no ano de 2016 ou 2017. se faz necessário consultar previamente o Organismo de Certificação de sua organização.

. Ÿ Informações documentadas. Ÿ Correções e melhorias. O cronograma pode conter as seguintes atividades: Ÿ Treinamentos. Ÿ Reuniões. 1 Planejamento do Desenvolvimento e Implementação do SGQ Sugerimos que desenvolva um cronograma de atividades envolvidas no projeto de transição do SGQ para a ISO 9001:2015. Ÿ Ferramentas gerenciais. Ÿ Auditorias. Ÿ Mapeamento dos processos.

PONTOS FORTES PONTOS FRACOS AMBIENTE INTERNO OPORTUNIDADES AMEAÇAS AMBIENTE EXTERNO . aplicando a Matriz SWOT. sugerimos desenvolver um Planejamento Estratégico. Apesar na norma não especificar quais ferramentas podem ser aplicáveis. 2 Contexto Estratégico Estruture uma ferramenta eficaz para determinar questões externas e internas que sejam pertinentes para o propósito da organização e para o seu direcionamento estratégico.

colaboradores. isto é. definir o seu escopo. A próxima etapa é determinar os limites e a aplicabilidade do SGQ. fornecedores. Os requisitos pertinentes às partes interessadas ! deverão ser identificados e abordados no ! Sistema. parceiros. 3 Partes Interessadas e Escopo Sua organização deve considerar as partes ! interessadas que podem impactar seu SGQ. governos. considerando o direcionamento estratégico. entre outros. acionistas. . sociedade. Assim. Podem ser consideradas partes interessadas: clientes. o SGQ passa a ter um foco mais amplo para proporcionar uma harmonia na relação com as partes interessadas. os produtos e serviços da organização. as partes interessadas.

i L ) Indicamos utilizar fluxogramas para melhor identificação do alinhamento e interação entre os processos. . Essa etapa é fundamental para o sucesso do Sistema. fazendo com que o mesmo possa ser implementado de acordo com as reais necessidades da empresa e sem burocracias desnecessárias. 4 Mapeamento dos Processos Ao estabelecer o novo Sistema de Gestão da Qualidade. é preciso em primeiro lugar que identifique e revise os processos de modo a F € garantir a eficácia e o atendimento aos novos requisitos da ISO 9001:2015.

! PROCESSO/PRODUTO RISCOS GRAVIDADE EFEITO PLANO DE AÇÃO ACOMPANHAMENTO . tais como a própria Matriz SWOT e o FMEA - Failure Mode and Effect Analysis. a conformidade do produto e a satisfação do cliente. 5 Riscos e Oportunidades Ao estruturar os processos. que é usado para aumentar a confiabilidade do produto ou processo. Apesar da norma não exigir informação documentada. sugerimos aplicar ferramentas de suporte aos controles. deve identificar e monitorar os riscos e oportunidades inerentes os processos.

formulários. . em determinadas situações é importante manter a informação documentada. planilhas e sistemas informatizados devem ser adequados aos novos processos e aos requisitos da ISO 9001:2015. Apesar da nova norma não exigir mais o manual da qualidade e procedimentos. os manuais. para garantir o conhecimento necessário e o controle sobre os processos. instruções. 6 Procedimentos e Controles Com o mapeamento dos processos. procedimentos.

chegou a hora de implantá-lo na prática. 7 Implantação do Sistema de Gestão da Qualidade Após desenvolver o SGQ com base na ISO 9001:2015. Ÿ Monitore as atividades do dia-a-dia para identificar possíveis desvios. . Siga os passos: Ÿ Reúna com os gestores e responsáveis pelos processos e setores para repassar os novos procedimentos. Ÿ Treine os colaboradores. Ÿ Implemente as melhorias necessárias ao SGQ. Ÿ Realize uma Auditoria Interna para avaliar o SGQ como um todo.

Ed.com A sua parceira na certificação.Vitória-ES. Milano .E-mail: [email protected] da Praia . 425. qualieng. CEP 29066-370 Tel/fax: (27) 3315-9001 .qualieng.com .Site: www. sala 106. Adalberto Simão Nader.com . Auditoria e Treinamento Av. Qualieng Consultoria.